Monumentos e Obeliscos

Monumento ao Dr. Pedro Sanches de Lemos

Foto: Paulo Tothy

Monumento inaugurado em 1917 dedicado ao Dr. Pedro Sanches de Lemos, primeiro médico de Poços de Caldas e autor de livros sobre a história da cidade e sobre as água sulfurosas, que estudou detalhadamente. O busto foi esculpido em bronze sobre um pedestal de granito cinza.

Localização: Jardim lateral do Palace Hotel, de frente ao Ribeirão de Caldas.
Horário de visitação: acesso livre

 

Monumento Minas ao Brasil

O monumento Minas ao Brasil consta de um obelisco de pedra, montado em base quadrangular, sobre a qual está colocado um homem nu, em bronze, de braços abertos, simbolizando o estado de Minas Gerais oferecendo ao povo brasileiro os benefícios da Estação Balneária adaptada às exigências do conforto moderno. O Monumento foi colocado inicialmente na Praça Getúlio Vargas, mas em 1948 foi transferido para o centro da cidade, no exercício de Prefeito Miguel de Carvalho Dias e atualmente, devido a sua excelente localização, é considerado um dos cartões de visita da cidade.

Localização: Praça Pedro Sanches, em frente ao Palace Hotel
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento à Antônio Carlos Ribeiro de Andrada

Inaugurado em 27 de agosto de 1930, o monumento presta um homenagem à Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, Presidente de Minas Gerais de 1926 a 1930. Durante seu governo foi construído o Complexo Hidrotermal e Hoteleiro de Poços de Caldas, compreendendo as Thermas, o Palace Hotel, o Palace Casino e o Parque José Affonso Junqueira. O monumento tem influência da Art Decô, em granito bege, lageado de degraus, contendo a figura do presidente em bronze logo acima.

Localização: Praça Pedro Sanches, em frente às Thermas
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. Francisco Faria Lobato

Homenagem ao Dr. Lobato, médico e Agente Executivo em Poços de Caldas, tendo sido também Deputado Estadual à 1ª Constituinte de Minas Gerais. Trata-se de uma placa em prisma de mármore preto, tendo na ponta superior um quadrante solar com 5 raios. Colocado primeiramente no consultório do Dr. Francisco de Faria Lobato, foi transferida para o monumento mandado erigir pela Loja Maçônica Estrela Caldense.

Localização: Praça Pedro Sanches, em frente às Thermas Antônio Carlos.
Horário de visitação: Acesso Livre

 

Monumento Cristo Redentor

Monumento ao Cristo redentor no alto da Serra de São Domingos. Idealizado e concretizado por José Raphael dos Santos Neto, cópia do monumento do Rio de Janeiro. Foi inaugurado em 13 de maio de 1958, empreitado pela firma Ottaviano Papais, de Campinas. Possui uma altura de 30 metros, sendo 14 metros de pedestal e 16 metros da estátua. As peças foram transportadas de Campinas para Poços de Caldas em cinco caminhões, pesando 21 toneladas. O peso total do monumento é de aproximadamente 500 toneladas, sendo que a imagem pesa 120 toneladas. Cada mão da imagem pesa 400 kg. Do chão ao primeiro patamar do pedestal sobe-se 52 degraus.

Localização: Alto da Serra de São Domingos
Horário de Visitação: Acesso Livre

 

Monumento da Fonte dos Amores

Inaugurado em 1929, o monumento da Fonte dos Amores é composto de um grupo em mármore branco representando dois jovens enlaçados, simbolizando o amor, da autoria do escultor Giulio Starace. Junto à estátua foi colocada uma placa de bronze com versos de Alberto de Oliveira.

Localização: Rua Piauí, 1.
Horário de visitação: segunda a sexta: 8h às 17h30 | Sábados, domingos e feriados: 8h às 18h

 

Monumento aos Pracinhas

Homenagem aos soldados que tomaram parte na Guerra de 1944 a 1945, integrantes da Força Expedicionária Brasileira, foi inaugurado solenemente com a presença dos ex-combatentes, em abril de 1973. Sobre um pedestal em tronco de pirâmide, vê-se a figura de um soldado expedicionário de pé, em posição de sentido.

Localização: Praça Getúlio Vargas, em frente a Urca.
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. Mário Mourão

Inaugurado em 14 de março de 1975 homenageando Dr. Mário Mourão, eminente médico e crenologista, foi ainda historiador e escritor consagrado, tendo publicado o “Livro dos Conselhos” e “Poços de Caldas – Síntese Histórico-social”. Era também membro da Academia Nacional de Medicina. O monumento retangular de granito cinza tem na base dois degraus e em cima o busto de bronze do Dr. Mário Mourão.

Localização: Praça D. Pedro II, em frente ao Balneário Dr. Mário Mourão
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. Caio Junqueira

Monumento em mármore no formato de um tronco de pirâmide, tendo como base um degrau encimado pelo busto, em bronze, do ilustre médico e fazendeiro de Poços de Caldas. Dr. Caio foi também Prefeito Interino em 1937, durante a viagem do Dr. Assis Figueiredo.

Localização: Praça D. Pedro II, em frente ao Hotel Miami
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. Nelson de Paiva

Dr. Nelson de Paiva foi um conceituado médico da cidade, trabalhou no Posto de Saúde e era diretor do jornal “A Folha de Poços”. Faleceu prematuramente em 24 de março de 1969. O busto em bronze do Dr. Nelson é aparado por um pedestal de mármore cinza, tendo como base um pequeno degrau.

Localização: Praça José Affonso Junqueira, entre o Palace Casino e o Palace Hotel.
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento à Bandeira

Projetado pelo engenheiro Alberto del Nero, foi inaugurado em 1696, durante a gestão do Dr. Antônio Megale, quando Presidente do Rotary Clube de Poços de Caldas-Centro. Inicialmente foi colocado no Parque José Afonso Junqueira, em frente ao Palace Hotel. Após a reforma do parque em 2000, durante a gestão de Geraldo Thadeu, o monumento foi colocado em outro local: ao lado da estação do Teleférico. É composto por uma base com três degraus em granito vermelho bragança e o restante em mármore branco. Sobre o patamar, do lado esquerdo há três mastros para bandeiras.

Localização: Parque José Affonso Junqueira, em frente à entrada do Palace Casino.
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. Ronaldo Junqueira

Lápide de mármore branco que homenageia Dr. Ronaldo Junqueira, prefeito de Poços de Caldas por dois períodos, de 1971 a 1976 e de 1978 a 1983.

Localização: Parque José Affonso Junqueira, em frente ao Palace Hotel.
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Dr. David Benedicto Ottoni

Dr. David Benedicto Ottoni, nascido em Teófilo Otoni, estabeleceu-se em Poços de Caldas em 1895. Além de competente oftalmologista, ocupou em nossa cidade os cargos de Juiz de Paz, presidente da Câmara Municipal, Agente Executivo e Presidente do conselho deliberativo. Por determinação do governo do estado, instalou a Prefeitura em 1905, exercendo interinamente o mandato de Prefeito. O monumento de granito encimado pelo busto de autoria de Fausto Mazzola foi inaugurado em 29 de janeiro de 1978.

Localização: Canteiro da Av. David Benedito Ottoni
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento a Gustavo Salvini

Placa de bronze retangular, tendo na parte superior um medalhão circundado por ramos de louro, que se sobrepõem ao retângulo. No medalhão, o busto em perfil de Savini, cuja Companhia de Teatro apresentou-se com grande sucesso no Cine-Teatro Polytheama, em 1915, onde ficava o monumento anteriormente.

Localização: Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas
Horário de Visitação: de terça a sexta, das 9h às 11h30 e das 13h às 17. Sábados: das 13h às 17h e Domingos das 8h às 12h.

 

Ninfa do Palace Hotel

No centro do jardim de inverno do Palace Hotel, rodeado por uma grade de ferro trabalhado, pode-se admirar uma bela estátua de mármore da autoria do escultor italiano Bottinelli, que a denominou “Le Prime Rose” (A primeira rosa). Ela representa uma jovem ninfa, vestida à moda grega, com o busto nu e os cabelos presos à nuca por duas tranças.

Localização: Palace Hotel – Praça Pedro Sanches
Horário de Visitação: diariamente, das 8h às 22h.(com autorização do hotel)

 

Relógio Floral John Canta

O Relógio Floral, situado na praça Getúlio Vargas, está colocado sob um canteiro inclinado, no chão, e seus ponteiros giram sobre os números recortados em buchinhos, sendo a parte central do mostrador ornamentada de plantas rasteiras variadas, formando belo colorido. O relógio foi idealizado pelo casal John e Elisabeth Canta, em 6 de novembro de 1972. Paisagista formada em Kyoto (Japão), D. Elisabeth, nascida na Áustria, veio com o marido para nossa cidade em 1959, onde se estabeleceram. Foi ela quem projetou parte da jardinagem do relógio, assim como toda a Praça Getúlio Vargas.

Localização: Praça Getúlio Vargas
Horário de visitação: Acesso Livre

 

Monumento às Mães

O monumento em homenagem às Mães foi oferecido a Poços de Caldas pelo Lions Clube de Campos em 1971. Foi inicialmente colocado no jardim do Parque José Afonso Junqueira em frente ao Palace Hotel e transferido para o Largo dos Macacos em 1996, após remodelação do jardim. É uma estátua de bronze, colocada sobre pedestal de mármore branco, cortado por faixa de granito preto, material usado também nos dois degraus de acesso ao monumento. Representa uma mulher de fisionomia triste tendo sobre o braço uma criança.

Localização: Praça D. Pedro II
Horário de Visitação: Acesso livre

 

Monumento ao Zumbi dos Palmares

Inaugurado em 20 de novembro de 1995, por ocasião dos 300 anos da morte de Zumbi, considerado um símbolo do anseio de liberdade da raça negra, numa época de terrível sistema escravocrata. O monumento tem Zumbi dos Palmares de pé, sobre um pedestal com o formato de meia pirâmide, segurando com a mão direita o cano de uma espingarda apoiada no chão.

Localização: Praça Antônio Trindade – Cascatinha
Horário de visitação: Acesso livre

 

Monumento a Mauro Ramos de Oliveira

Homenagem ao Bicampeão Mundial Mauro Ramos de Oliveira, nascido em Poços de Caldas e que conquistou a Taça Jules Rimet na Copa do Mundo do Chile. Sobre a base em formato de tronco de pirâmide, a estátua de um jogador erguendo a Taça “Jules Rimet”. Na parte da frente da base, uma placa retangular de alumínio apresentando o desenho da taça em relevo dourado.

Localização: Praça Brasil (Praça das rosas)
Horário de visitação: acesso livre

 

Monumento ao Dr. Martinho de Freitas Mourão

Inaugurado no dia 6 de novembro de 2000 na praça que leva o nome do médico e Prefeito Dr. Martinho de Freitas Mourão, é formado sobre um pedestal com formato de tronco de pirâmide, em cimento vermelho circundado com três faixas de granito preto e branco, o busto do homenageado.

Localização: Praça Dr. Martinho de Freitas Mourão (Praça do Museu)
Horário de visitação: Acesso livre