Edificações

Palace Casino

Bem Cultural Tombado
 

 

O prédio do Palace Casino faz parte Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Parque José Afonso Junqueira, um projeto suntuoso encomendado pelo governo de Minas Gerais no final da década de 20 para promover melhorias nos serviços termais e incrementar o turismo na cidade. Para isso, foram contratados especialistas de renome para os projetos, como o arquiteto Eduardo Pederneiras para a construção dos prédios, e o paisagista Dieberger para executar as praças e jardins. O projeto consistia basicamente na construção de um balneário suntuoso e moderno, um luxuoso cassino e um hotel. As edificações e as praças foram tombadas pela Constituição Estadual em 1984 e pelo município em 1985.
O Palace Casino representa a época áurea do cassinismo em Poços de Caldas e no Brasil. O prédio é composto por auditório, Salão do Café, Salão Azul, Salão Nobre e Teatro. De decoração suntuosa e apurada, os salões Nobre e Azul destacam-se por suas arcadas, balaustradas, mísulas, cartelas e guirlandas filetadas em dourado. Utilizado até o ano passado como um Centro de Eventos, atualmente encontra-se fechado para reforma. O projeto está sendo financiado pela Codemig e acompanhado pelo IEPHA e CONDEPHACT.

Endereço: Parque José Affonso Junqueira, s/n – Centro
Telefone: (35) 3697-2300
E-mail: cit@pocosdecaldas.mg.gov.br
Horário de funcionamento: atualmente encontra-se fechado para reforma.

Palace Hotel

Bem Cultural Tombado

Foto: Rossmaly Borges

Compondo também o Complexo Hidrotermal e Hoteleiro, o antigo prédio do Palace Hotel foi inaugurado em 1925, passando por uma remodelação e sendo reinaugurado em 1931, juntamente com o Palace Casino e Thermas Antônio Carlos. De grande importância, participou da história do Brasil na Velha República e no Estado Novo. Hospedou e hospeda grandes nomes da sociedade brasileira além de ilustres chefes de Estado de vários países. O Palace Hotel destaca-se como uma atração à parte para os visitantes de Poços de Caldas, em virtude de sua tradição, requinte, imponência e beleza arquitetônica.

Endereço: Praça Pedro Sanches, s/n – Centro
Telefone: (35) 3722-3636
E-mail: palacehotel@carltonhoteis.com.br
Horário de atendimento: aberto diariamente

Thermas Antônio Carlos

Bem Cultural Tombado
 
Foto: Rossmaly Borges

Principal ícone de Poços de Caldas, o prédio simboliza tanto o maior atrativo natural do município, as águas sulfurosas, quanto a sua própria história. Considerado o primeiro estabelecimento crenoterápico suntuoso construído no Brasil, o prédio foi projetado no final da década de 20 pelo Arquiteto Eduardo Pederneiras e também é parte integrante do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico. O edifício impõe-se por sua monumentalidade, evidenciada pelos grandes vãos em arco pleno e pela escadaria na entrada social. Sua arquitetura reflete o gosto eclético, com predominância de elementos decorativos do repertório neoclássico. Abriga as salas de banho, vestiários, duchas, saunas, salas de inalações e pulverizações, todos com equipamentos e mobiliários originais. A Sala de Mecanoterapia é um museu vivo, com aparelhos importados da Alemanha, ainda em funcionamento, atendendo a comunidade e turistas. O prédio também abriga o Museu do Termalismo e uma biblioteca com livros e documentos sobre a crenoterapia, possuindo em seu acervo alguns documentos únicos no mundo.
A água sulfurosa utilizada vem da Fonte Pedro Botelho, localizada ao lado do prédio. A água chega a superfície a 45°C e nas banheiras a 37°C, e tem como propriedade ação sedativa, descongestionante, desinflamante, anti-séptica, cicatrizante, desintoxicante, anti-alérgica e expectorante. As Thermas também tem serviço de fisioterapia e presta atendimento a população através do SUS. Atualmente encontra-se em reforma e o projeto está sendo financiado pela Codemig e acompanhado pelo IEPHA e CONDEPHACT.

Endereço: Praça Pedro Sanches, s/n
Telefone: (35) 3697-2317
E-mail: thermas@pocosdecaldas.mg.gov.br
Horário de funcionamento: terça a sábado, das 7h às 12h e das 14h às 20h | Domingo: 8:00 às 12:00h

Balneário Dr. Mário Mourão

Foto: Paulo Tothy

Assim como as Thermas, o Balneário é destinado para banhos de imersão que são realizados em cabines individuais, composta por banheira, pia, espelho e todo aparato necessário para conforto e comodidade do banhista. A água utilizada nos banhos sai diretamente da fonte a uma temperatura de 41ºC. Dessa maneira, os banhistas podem relaxar e desfrutar das propriedades medicinais das águas termais.

Endereço: Praça Dom Pedro II, s/n.
Telefone: (35) 3697-2316
E-mail: cit@pocosdecaldas.mg.gov.br
Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 7h às 13h

Prefeitura Municipal

Bem Cultural Tombado

Construído na administração do prefeito Francisco Escobar, o prédio foi projetado em 1911, por Otto Piffer e erguido em local estratégico, compondo o conjunto arquitetônico que compreendia os prédios do “Cine-Theatro Polytheama” e Grande Hotel. Abrigou, no pavimento superior, durante anos a Câmara Municipal. Passou por algumas intervenções no seu interior, sendo a mais significativa, a construção do anexo, em 1972, onde hoje é o Gabinete do Prefeito. Imóvel tombado através da Lei Municipal nº. 8351/2007. Proteção conferida aos bens de valor excepcional que devam ser preservados por suas características originais.

Endereço: Av. Francisco Salles, 343. Centro
Telefone: (35) 3697-2000
E-mail: cit@pocosdecaldas.mg.gov.br
Horário de funcionamento: de segunda à sexta, das 12h às 18h.

Antigo Mercado Municipal (Casa Carneiro)

Bem Cultural Tombado

O antigo Mercado foi construído em 1890, por orientação da Câmara Municipal que contratou a obra com José Carlos Garibaldi. No ano seguinte foi ampliado com a construção de um anexo para os animais. Um novo edifício, construído por Antônio José Loureiro, foi inaugurado em 2 de fevereiro de 1903. Em 1909, o prefeito Francisco Escobar contratou o italiano Manuel Luiz Zuanella para executar a ala da Avenida Francisco Salles, seguindo o projeto dos irmãos José e Otto Piffer. As antigas grades foram substituídas por basculantes de vidro e a fachada valorizada com a construção de uma torre, que ficou pronta em 1916. Outras intervenções foram executadas em 1919 e 1951 até a sua transferência para a Rua Pernambuco, em 1968. Imóvel tombado pelo município. Proteção conferida aos bens de valor excepcional que devam ser preservados por suas características originais.

Endereço: R. Assis Figueiredo, 1328
Telefone: (35) 3722-6471
Site: www.casacarneiro.com.br
Horário de Funcionamento: de segunda à sábado, das 9h às 18h

Casa de Passageiros e Hangar do Aeroporto Municipal

Bem Cultural Tombado
 
Foto: Rossmaly Borges

Projetado pelo Engenheiro Otávio Lotufo, o Aeroporto Municipal foi construído em 1936, com o objetivo de incentivar o turismo crescente com a demanda gerada pelo jogo e pelas águas termais da cidade. Apresentando estilo neocolonial, destacam-se na edificação os telhados em telha capa e canal e os azulejos dos vitrais com motivos mexicanos. A torre de comando se sobressai na composição, além da praça de embarque e desembarque de passageiros, com gazebo, e a Rosa dos Ventos, em cerâmica.

Endereço: Av. Alcoa, s/n – Jd. Aeroporto
Telefone: (35) 3697-2313

Parc Hotel

Bem Cultural Tombado

Construído no início do século XX, o edifício integra a paisagem urbana da área central. Com detalhes em argamassa e beirais da cobertura trabalhados em madeira, destacava-se entre as outras edificações. Neste local funcionou a antiga Casa Michel e a Casa Havaneza. No prédio ao lado funcionou a antiga Câmara de Vereadores da cidade e o Clube Recreativo. Hoje, compondo uma fachada única, o casarão ainda conserva elementos da construção original. Este imóvel também foi tombado pelo município.

Endereço: Rua Junqueiras, 434.
Telefone: (35) 3697-2300
Horário de funcionamento: aberto diariamente

 

Coreto

Bem Cultural Tombado
 
Foto: Rossmaly Borges

Parte integrante do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico Parque José Affonso Junqueira. O primeiro coreto foi construído em 1921 no local onde atualmente se encontra o Monumento Minas ao Brasil. Em 1928 foi transferido para a Praça Coronel Agostinho Junqueira. Na década de 30 foi inaugurado o atual coreto onde se apresentava a Banda Maestro Azevedo, em homenagem ao antigo regente da Banda Municipal. Passou por intervenções de revitalização em 2004 e 2009. Atualmente recebe vários grupos que se apresentam semanalmente.

Endereço: Praça Pedro Sanches, s/n
Telefone: (35) 3697-2300
Horário de funcionamento: acesso livre

Café Concerto

Bem Cultural Tombado

Localizado no Parque José Affonso Junqueira, compõe com o Palace Casino, Palace Hotel e a Thermas Antônio Carlos as grandes obras do arquiteto Eduardo Pederneiras. Construído na década de 30, destaca-se pelo pergolado na fachada. Apresenta arquitetura simples, com forma retangular e anexo na face posterior, chanfrado nas laterais. Funcionou como biblioteca por vários anos e após a revitalização do Parque passou a ser utilizado como Café.

Endereço: Parque José Affonso Junqueira, s/n
Telefone: (35) 3712-2600
Horário de funcionamento: sábados e domingos das 10h às 22h. Segunda a sexta das 13h às 21h (exceto terça-feira)

Colégio Municipal Dr. José Vargas de Souza

Bem Cultural Tombado
 
Foto: Paulo Tothy

Fundado em 1927 com o nome de Atheneu Brasiliense e depois Lyceu Brasileiro, o antigo edifício foi concluído em 1928, sendo inaugurado no ano seguinte. Em 1931 passou a ser a Escola Municipal Mackenzie. Em 1932 a prefeitura assumiu a responsabilidade de sua administração, adquirindo o prédio em 1934, que foi denominado Gymnásio Municipal de Poços de Caldas. Em 1935 a Congregação dos Irmãos Maristas assumiu o colégio, época em que foram realizadas obras de alterações e melhoramentos. Em 1949 foi denominado Colégio Municipal de Poços de Caldas; em 1950, Colégio Marista de Poços de Caldas; em 1971, Colégio Marista – Poços de Caldas. Em 1976 é transformado em Colégio Municipal, tendo em 1977 recebido o nome de Colégio Municipal “Dr. José Vargas de Souza” em homenagem ao político e Secretário da Educação. Imóvel tombado pelo município.

Endereço: Av. Champagnat, 668
Telefone: (35) 3697-2121
Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 22h30

Antiga Estação Ferroviária

Bem Cultural Tombado
 
Foto: Rossmaly Borges

O ramal de Caldas da antiga Estrada de Ferro Mogiana foi inaugurado pelo Imperador Dom Pedro II, em 1886, impulsionando o desenvolvimento e o turismo na cidade. Projetado por João Batista Pansini, fugia aos padrões de outras edificações destinadas para o mesmo fim. O edifício apresentava referências aos chalés que tanto marcaram época na arquitetura local e que foram projetados pelo mesmo arquiteto. Construído originalmente em alvenaria de tijolos aparentes, em estilo inglês, em 1930 teve seu corpo central demolido quando, então, foi construída a edificação atual composta por quatro blocos: um para a plataforma de embarque, outro para administração e serviços e os demais para armazéns, mantendo ainda alguns elementos originais. Atualmente abriga a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, juntamente com o Centro de Informações Turísticas e o Circuito Caminho Gerais. Imóvel tombado através da Lei Municipal nº. 5376/93.

Endereço: Praça Paul Harris, s/n.
Telefone: (35) 3697-2300
Site: www.pocosdecaldas.mg.gov.br | e-mail: cit@pocosdecaldas.mg.gov.br
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 18h.

 

Chalé Honório Dias

Bem Cultural Tombado

Projetado e construído por João Batista Pansini, no final do século XIX, entre os anos de 1887 e 1889, o Chalé Honório Dias apresenta características significativas de um chalé eclético. Esse tipo de construção, característico das regiões montanhosas da Europa, surgiu graças aos novos recursos técnicos, trazidos pela ferrovia, marcando uma época de transformações na paisagem urbana e nas formas de construir e habitar. O edifício possui significativa importância histórica, uma vez que se contemporiza com o início do desenvolvimento da cidade. A fachada, originalmente rica em ornamentação, em madeira entalhada, hoje é composta por elementos decorativos simplificados. A cobertura apresentava também mastro central torneado usado como arremate da cumeeira. Seus detalhes foram modificados após significativas intervenções. Atualmente, abriga o Colégio Integral. Imóvel tombado através do Decreto Municipal nº. 7357/2003.

Endereço: Praça Getúlio Vargas, 4.
Telefone: (35) 3722-9300
Horário de Funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 22h.

 

Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde

Bem Cultural Tombado

Edificada na Praça Monsenhor Faria de Castro, área onde anteriormente se localizava o Cemitério Municipal, a antiga Matriz começou a funcionar em 21 de setembro de 1913, após bênção inaugural. Posteriormente foram concluídos o coro, os capitéis das colunas, a pintura do teto e o reboco das paredes externas. A fachada e a torre foram concluídas em 1915. Mais tarde foram edificadas as capelas laterais, por Otto Piffer. A antiga Matriz foi inaugurada oficialmente em 7 de setembro de 1920. Pequena para abrigar os fiéis, a igreja foi demolida e em 25 de julho de 1937, o Monsenhor Faria de Castro iniciou a construção da atual Basílica. Projetada pelo engenheiro-arquiteto Otávio Lotufo, em estilo neorromânico, o templo foi inspirado numa igreja, da cidade de Dieppe, na França e atrai a atenção dos visitantes pela sua austera simplicidade. Imóvel tombado através do Decreto Municipal nº. 5564/94

Endereço: Praça Monsenhor Faria de Castro, s/n
Telefone: (35) 3721-2357
Horário de funcionamento: diariamente das 7h às 19h

Igreja de Santo Antônio (Bom Jesus da Cana Verde)

Bem Cultural Tombado

A Igreja de Santo Antônio, construída em pau-a-pique, é a primeira de Poços. Fica na Rua São Paulo e foi edificada em 1882. Surgiu decorrente da discórdia que havia naquele mesmo ano com relação ao local escolhido para a construção de um outro templo, que chegou a ter as paredes parcialmente levantadas. Pôs fim à polêmica com a conclusão da capela no ano seguinte. A torre foi executada em 1887 e a sacristia em 1905. Sob a invocação de Nossa Senhora da Saúde, serviu de Matriz até 21 de setembro de 1913.

Endereço: Rua São Paulo, s/n
Telefone: (35) 3721-2357
Horário de funcionamento: terças-feiras, das 13h às 18h

Igreja de São Sebastião

Bem Cultural Tombado

A Igreja de São Sebastião foi criada em 1938 como paróquia. A partir de 1946 passou a ser administrada pelo Padre Oblatos. O terreno foi doado por Sebastião da Gama Cruz aos moradores da Vila Cruz que então construíram a igreja, a qual teve significativa influência no desenvolvimento do bairro. O edifício apresentou posteriormente problemas nas paredes que foram “mal-prumadas” sendo revestidas então, com uma massa de reboco grosso que alterou suas características originais. Com a construção da nova igreja, ficou desativada por vários anos. Em 2009 passou por revitalização e foi reaberta aos fiéis. A igreja é tombada pelo município.

Endereço: Rua Nico Duarte, 640 – Praça Paulo Afonso Junqueira.
Telefone: (35) 3714-2010
Horário de funcionamento: diariamente das 7h30 às 19h

 

Igreja Dom Bosco

Bem Cultural Tombado

Construída no final da década de 30, com valor significativo, principalmente para os moradores do Bairro Bem Bastos, a Igreja Dom Bosco apresenta partido retangular e fachada dominada por grande porta neoclássica, de madeira, em arco pleno e torre sineira. O seu tombamento busca resguardar a memória da comunidade, seu valor cultural e a importância da igreja para o bairro onde se situa. Imóvel tombado através da Lei Municipal nº. 5400/93.

Endereço: R. Coronel Virgílio Silva, 2071
Telefone: (35) 3697-2306

Capela de Santa Cruz

Bem Cultural Tombado

No ano de 1895, Fernandes José Lopes pediu autorização para erigir uma igreja dedicada à Santa Cruz no morro onde, tradicionalmente, havia peregrinações religiosas. Originalmente, apresentava torre sineira em madeira, do seu lado esquerdo e uma escadaria, à sua frente, hoje desativadas. Em 1919, Felipe Maraschi, auxiliado por doações de banhistas, reconstruiu a capela, que foi inaugurada a 18 de setembro do mesmo ano. Em estilo eclético, evoca uma ermida de Via Sacra. A edificação da Capela de Santa Cruz seguiu uma tradição mineira e marcou o início de uma das mais significativas festas religiosas da história do município: a Festa de Santa Cruz, celebrada a três de maio pela Igreja Católica, mais tarde integrada à tradicional Festa de São Benedito. Revitalizada em novembro de 1987, passou por intervenções posteriores. Imóvel tombado através do Decreto Municipal nº. 3389/85

Endereço: Rua Cirilo Silva, s/n
Telefone: (35) 3721-2662
Horário de funcionamento: diariamente das 8h às 18h

Igreja São Benedito

O culto ao patrono da arte culinária São Benedito, o santo negro que traz nos braços o menino Jesus, existe desde o final do século XIX em Poços de Caldas. A primeira capela de São Benedito data de 1905, e foi edificada onde atualmente se encontra a praça da matriz. Como o espaço era pequeno para o número de fiéis, que foi crescendo a cada ano, mais tarde, em 1925, iniciaram a construção do novo santuário, onde se localiza hoje, no alto do morro as ruas São Paulo e Rio de Janeiro. O dia do santo, 13 de maio, é comemorado com muita festa na cidade. O auge são as manifestações folclóricas, entre as quais se destacam os bailados de congos e caiapós.

Endereço: Rua São Paulo, s/n
Telefone: (35) 3712-7180
Horário de funcionamento: terças, quintas e sábados, às 20h

 

Igreja de São Domingos

Com linhas arquitetônicas baseadas em igrejas francesas, a Paróquia de São Domingos data de 1952. Foi inaugurada sob a denominação de Capela de Nossa Senhora do Rosário e só recebeu o atual nome 16 anos mais tarde. No interior da paróquia existem 15 vitrais que juntos formam um rosário, representado por cinco mistérios gozosos, cinco dolorosos e cinco gloriosos. Também existe no fundo um mosaico de São Domingos de Gusmão recebendo o rosário de Maria.

Endereço: Rua Padre Henry Mothon, 10.
Telefone: (35) 3721-2257
Horário de funcionamento: Diariamente das 11h às 18h

Santuário Nossa Senhora de Fátima

Em estilo moderno, revestida de pedra e mármore, o Santuário de Nossa Senhora de Fátima foi erguido pelos portugueses em 1953. A imagem de Nossa Senhora foi esculpida em madeira e veio de Portugal. A igreja é bastante frequentada pelos turistas, que se sentem atraídos pela vista panorâmica proporcionada pelo local.

Endereço: Alameda dos Capuchinhos, s/n
Telefone: (35) 3721-2662
Horário de funcionamento: Diariamente das 8h às 18h

 

Santuário Mãe Rainha

Foto: Rossmaly Borges

O Santuário Fonte de Vida Nova foi inaugurado no dia 17 de setembro de 2000. O local começou a ser construído no dia 28 de março de 1999 e, por ser Poços de Caldas uma cidade de água sulfurosa, belíssimas flores, ligada à vida, recebeu por missão “Fonte de Vida Nova”, querendo assim transformar as pessoas, concedendo a todos, vida nova, no amor, na esperança, vida nova em Cristo. Fica no Km 8 da Rodovia do Contorno numa área rural de 5,5 hectares. É o primeiro de Minas Gerais e consolida o turismo religioso de Poços de Caldas.

Endereço: Estrada Vicinal Padre José Kentenich, Km 4 – s/n
Telefone: (35) 3697-2306
Horário de funcionamento: diariamente das 9h às 17h

 

Igreja Metodista

A Igreja Metodista de Poços de Caldas foi a segunda igreja a se firmar na cidade, fundada em 1906. A Igreja é a principal expoente do Metodismo, religião de fé cristã protestante, no Brasil. O metodismo é de origem Anglo-Americana, organizado pelo reverendo inglês John Wesley que enfatizou o estudo metódico da Bíblia, e busca a relação pessoal entre o indivíduo e Deus.

Endereço: Rua São Paulo, 302
Telefone: (35) 3714-3815
Horário de funcionamento: diariamente das 8h30 às 12h e às 14h às 18h