Secretários e Promotor acompanham desenvolvimento do Plano de Mobilidade Urbana

PLANO (5)

Após a assinatura do convênio o grupo deu inicio a coleta de informações e dados pertinentes do município ao projeto, e agora o projeto segue para a pesquisa de campo

Nesta semana, o grupo responsável pelo desenvolvimento do Plan Mob- Plano Municipal de Mobilidade Urbana, da Universidade Federal de Itajubá – Campus Itabira, estiveram em Poços de Caldas para a primeira visita oficial após a assinatura do convênio , realizada em março deste ano.

De acordo com a coordenadora do projeto, Iara Alves Martins de Souza, após a assinatura do convênio o grupo deu inicio a coleta de informações e dados pertinentes do município ao projeto, e agora o projeto segue para a pesquisa de campo.

“Estamos recebendo diariamente materiais vindos dos mais diversos departamentos e setores da prefeitura, porém agora nesta fase, estamos buscando realizar reuniões presenciais e também visitas inloco para que possamos contextualizar as informações coletadas e conhecer um pouco mais da dinâmica do município, dos hábitos da população, dos condutores e também sobre do transporte público urbano”, comenta.

Durante a semana, além do prefeito Sérgio Azevedo, o grupo se reuniu com os secretários de Defesa Social; de Projetos e Obras Públicas; de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente; de Governo, com a equipe de Comunicação Social e também com o promotor de Justiça, Sidnei Boccia.

Segundo o secretário de Governo e Comunicação, Celso Donato, essas reuniões são de grande importância para que a equipe possa além de coletar informações importantes para a construção do plano, possam conhecer as demandas de cada secretaria e assim, poder executar um plano que seja realmente viável, e que atenda as necessidades do município, a curto, médio e longo prazo. “Este plano é de grande importância para o município, e que pode ditar novas diretrizes para nós e também aos próximos governantes, sempre visando o desenvolvimento ordenado e benéfico a todos”.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Marcos Tadeus Sala Sansão, nesta semana foi possível realizar um tour por toda a cidade, dando a eles uma dimensão de tudo que foi passado e conversado durante as reuniões que aconteceram ao longo da semana.

“Conseguimos levar a equipe para conhecer toda a cidade, desde a área central, a zona oeste, leste e sul; apresentamos a eles os pontos mais críticos de cada região, os gargalos, os acessos de entrada e saída, vias com grandes fluxos, as modificações realizadas neste ano pelo Demutran, a rodoviária, o terminal rodoviário localizado na área central, e também os terminais de linhas do transporte urbano existentes no município”, conta.

Segundo Sérgio Soncim, coordenador do programa de graduação em Engenharia da Mobilidade da Unifei e integrante do grupo, após as visitas realizadas e os novos dados coletados, agora o grupo irá se reunir novamente, para dar inicio a montagem das informações, para que seja montada uma apresentação a qual será divulgada em audiência publica, para toda a população.

“A nossa expectativa após a coleta e verificações é que a primeira audiência publica do Plan Mob seja realizada em agosto, apresentando o plano a população, ao executivo e também ao legislativo, desde nossos estudos iniciais, nossos primeiros diagnósticos e também dando inicio aos grupos de trabalhos, que terão como objetivo nos auxiliar sobre as necessidades e demandas da população e que poderão contribuir/propor ações e melhorias no quesito mobilidade, desde viabilizar um transporte publico eficiente, como também viabilizar os transportes alternativos, como a ciclovia, pelo qual sabemos que é um grande apelo da população”, comenta.

Também participaram das visitas às engenheiras de mobilidade, Brenda Karoline Costa Campos e Rafaela Ferreira, e a diretora do Departamento Municipal de Trânsito e Transportes, Elaine Cristina Assunção.

DSC_2858

Além dos secretários, o promotor, Sidnei Boccia também participou de reunião junto a equipe técnica do Plano

Tags: , , , ,

No comments yet.

Leave a Reply