Vacinação contra HPV é novamente ampliada em Poços

Medida para doses que vencem em setembro foi estendida às vacinas com prazo de validade até março de 2018

Medida para doses que vencem em setembro foi estendida às vacinas com prazo de validade até março de 2018

Homens e mulheres, na faixa etária dos 15 aos 26 anos e que não conseguiram se vacinar contra o HPV na rede pública, no mês passado, têm agora mais uma chance. O Ministério da Saúde determinou que a ampliação da faixa etária seja novamente adotada, nos municípios onde há estoque de doses disponíveis contra o HPV e com vencimento até março de 2018.

A medida tem caráter temporário, válida até o fim destes estoques. A nova recomendação estende o prazo de vacinação para esse faixa etária, que inicialmente estava prevista para encerrar nas cidades que tinham estoques a vencer em setembro. Em Poços, no final de agosto, 700 doses que venceriam em setembro, foram disponibilizadas à faixa etária ampliada.

A procura foi grande e em quatro dias, estas doses se esgotaram nos postos. “Com esta nova recomendação, ainda não sabemos quantas doses temos disponíveis para este público, de 15 a 26 anos, pois a verificação é manual e a medida vale somente para as vacinas com vencimento até março. Mas temos a ampliação disponível em todas as nossas salas de vacina. Para vacinar é importante levar um documento oficial com foto e o cartão de vacinação”, informa Juliana Loro Ferreira, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

O público de 15 a 26 anos, que tomar a primeira dose da vacina HPV neste período, tem garantidas as doses subsequentes no SUS. Para essa faixa etária, o esquema vacinal é com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses. “É feito um cadastro destas pessoas, para que o município receba as outras doses que complementam a imunização”, explica Juliana.

Com o fim dos estoques a vencer em março de 2018, a orientação do Ministério da Saúde é que a vacina continue sendo administrada apenas no público-alvo: meninos na faixa etária de 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos, ambos com duas doses, aplicadas com intervalo de seis meses entre elas.

Desde 2014, a vacina contra o HPV foi incluída no Calendário Nacional de Imunização. Como forma de aumentar a cobertura vacinal deste público, que nacionalmente é em torno dos 30%, equipes das salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde de Poços, visitaram nos últimos dias, 19 escolas das redes Estadual e Municipal, para vacinar meninos e meninas, contra o HPV.

A vacina HPV Quadrivalente é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, 4ª maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus.

Também fazem parte do público-alvo da vacina os transplantados de órgãos sólidos, de medula óssea ou pacientes oncológicos de 9 a 26 anos. Os serviços que atendem essa população devem ofertar a vacina HPV na rotina de trabalho.

No Brasil, a distribuição das vacinas é tripartite: mensalmente, o Ministério da Saúde repassa as doses aos estados, conforme solicitação. Cada estado, por sua vez, é o responsável pela distribuição de doses aos municípios.

Tags: , ,

No comments yet.

Leave a Reply